AMP estará presente na mesa redonda "Cooperação descentralizada: Motor de Desenvolvimento"

A convite da Câmara Municipal de Loures e do Instituto Marques Vale Flor, a participar numa mesa redonda

AMP no Seminário sobre Associativismo no Porto

A convite da Câmara Municipal do Porto, no âmbito da preparação do V Encontro dos Estudantes, viajara para a Cidade Invicta uma delegação da AMP

domingo, 8 de dezembro de 2013

Eleições na AMP

No dia 21 deste mês a Associação Maense em Portugal - AMP irá reunir a Assembleia Geral para eleição da nova equipa que irá presidir a associação nos próximos 2 anos. 

A votação está marcada para as 14 horas na sede da Associação dos Moradores do Bairro da Bela Vista do Lumiar – AMBCV Lumiar (Rua Maria Carlota, Loja 6, Lumiar)

O dia também será preenchido com atividades culturais, desportivas e ainda um lanche convívio. 



Venha participar no renascimento da nossa associação!

AMP assina Protocolo com a AMBCV do Lumiar

A Comissão de resgate da Associação Maense em Portugal "AMP" assinou hoje, 8 de dezembro, com a Associação de Moradores do Bairro da Cruz Vermelha do Lumiar "AMBCV Lumiar" um protocolo de parceria e apoio.



sexta-feira, 15 de novembro de 2013

O primeiro encontro

No passado domingo a comissão de resgate da Associação Maense em Portugal - AMP, constituída por sete elementos nas quais seis estiveram numa da reunião em que o objectivo era de traçar o rumo do futuro da nossa associação que esta cada vez mais risonha...
Entre vários assuntos abordados no encontro foi salientado a necessidade de UNIÃO e de um maior engajamento de todos maenses residente em terras lusitanas, palavra essa que Carlos Spencer abriu a reunião mostrando a necessidade de estarmos todos juntos, pois a Associação Maense em Portugal sem a comunidade maense residente nesse pais não é nada pois ela é apenas uma entidade que pretende aproximar e fazer interagir essa grande quantidade de gente proveniente do nosso torão natal.
A comissão de resgate da AMP não se trata de gente que tem como objectivo desdenhar o trabalho feito pelos antecessores nem apoderar dela tornando-a nossa mas sim fazer reviver essa grande ferramenta e faze-la trabalhar de agora em diante em prol da nossa comunidade e da nossa ilha.
"AMP é de todos e teremos que unir e fazer o nosso melhor, levando-a um bom porto” palavras do Carlos Frederico, que agradeceu muito a oportunidade de fazer parte dessa comissão e salienta a potencialidade de uma associação unida e a trabalhar em prol dessa comunidade.
Valter Adrião mesmo estando na cidade do porto pode acompanhar a reunião e deixar seu contributo dizendo que pedrinha a pedrinha o muro será construído, e que a AMP terá que ser um entidade viva e conhecida em Portugal, mas também dar os seus frutos e mostrar sua solidariedade com o nosso povo que muito precisa da nossa ajuda na ilha "Djarmai".
No plano da AMP deverá estar muito mais que festa…” afirmou Yuri Monteiro (Py), mostrando que a vertente social da associação deve ser ativa, não só para com os que aqui estão mas também com os mais necessitados em cabo verde e em cada localidade da nossa ilha, palavras essas que também foram da Deia que acredita na força de uma comunidade unida e trabalhando com objectivos traçados em prol de um bem comum, apesar da crise pela qual passa Portugal continuamos em melhores condições de ajudar muitos gente que mais do que nós precisa.
 A Nossa comunidade é cheia de potencial e isso é do conhecimento de todos, o que temos que fazer agora é arregaçar as mangas e fazer desse força e motivação a nossa marca.
A primeira reunião da comissão de resgate foi sem dúvida o relançar da primeira pedra onde ficou claro que a AMP é necessária para a comunidade e que sua reactivação será um ganho para todos.
A descentralização da associação devera também fazer parte dessa nova fase não deixando tudo num só distrito ou atuando numa só cidade mas sim criar comissões regionais para aproximar cada vez mais os maenses da Associação Maense em Portugal – AMP.

Na reunião ficou acordado a data da eleição para as listas que se apresentarem disponível a tomar as rédeas da Associação num período de 2 anos, segundo os estatuados da AMP, que será no dia 21 de dezembro num local e hora a definir pela comissão de resgate, data onde também irá ser realizado uma tarde convívio com atividades desportivas e culturais.

Restou dizer que a reunião foi muito produtiva e que até o dia 21 mais encontro serão realizados com o objectivo de dar uma base forte para aqueles que a partir da eleição venha tomar posse da AMP.   




Comissão de Resgate: