AMP estará presente na mesa redonda "Cooperação descentralizada: Motor de Desenvolvimento"

A convite da Câmara Municipal de Loures e do Instituto Marques Vale Flor, a participar numa mesa redonda

AMP no Seminário sobre Associativismo no Porto

A convite da Câmara Municipal do Porto, no âmbito da preparação do V Encontro dos Estudantes, viajara para a Cidade Invicta uma delegação da AMP

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

COOPERAÇÃO INSTITUCIONAL - VISITA DE TRABALHO A GUARDA


A convite da Presidência do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), o Presidente da Associação Maense em Portugal (AMP), Senhor Carlos Manuel Spencer Frederico, deslocar-se-á amanhã, dia 23/9 para uma visita de trabalho de dois dias à Guarda no âmbito do Protocolo de Cooperação entre estas duas instituições.



O mesmo será recebido em audiência pelo Presidente do IPG, Senhor Professor Dr. Constantino Rey, seguindo-se um encontro de trabalho com o Vice-presidente, Professor Doutor Pedro Nogueira Cardão, alargado aos Directores das Escolas Superiores, dos Serviços Académicos e da Acção Social ( Alojamento e Propinas), a fim de tratar de temas relacionados com a assinatura do protocolo em 10 de Julho de 2014, prospectar novas parcerias para a associação, de estreitar os laços de amizade e conhecer in loco o Campus Universitário.

A Direcção da AMP

sábado, 6 de setembro de 2014

HOMENAGEM A SANDY FERNANDES MARTINS

Situada a cerca de 23 Km da cidade da Praia, a ilha do Maio, é ainda hoje um diamante a ser lapidado, a fim de oferecer em pleno as suas potencialidades naturais. A sua beleza e harmonia paisagística a afabilidade das suas gentes e as suas potencialidades naturais, poderão transformá-la num importante pólo de atracão turística e promover o desenvolvimento sócio-económico que ela merece.

Os seus habitantes, gente calma, reflexiva e de profunda fé, convidam-nos a um olhar mais atento para a realidade maiense, onde começam a emergir sinais de desenvolvimento que ultrapassam as ancestrais actividades nas áreas da agricultura, pesca e pastoreio, secularmente abraçadas pelos seus habitantes.

Embora o norte da ilha esteja bastante desertificado em função da acção dos fortes ventos do noroeste, o Maio oferece-nos belas e cálidas praias, coroadas por grande manchas de areia fina que convidam ao descanso, à reflexão e ao lazer. Na sequência de um plano de reflorestação existe ainda uma mancha de 3500 hectares, de rara beleza, que nos inundada com o seu inebriante perfume das suas acácias.

Devido às permanentes secas que afligiam a ilha, muitos dos seus habitantes se viram forçados a emigrar e como todo o cabo-verdiano na diáspora, levaram na alma a vontade de melhorar e contribuir para o progresso da sua terra natal.

Fazem-nos de diversas formas, sendo que uma das mais evidentes de efeito imediato, é o envio de remessas e bens de consumo que contribuem enormemente para a sustentabilidade económica da sua ilha.

Os filhos do Maio são como atrás referido, pessoas gentis, tranquilas, acolhedoras e afáveis, cujo carácter foi moldado pela harmonia natural que o Maio envolve. Transportam na sua alma para os países onde se fixam na diáspora essas características e os valores que daí emanam. São muitos os que se destacam e enobrecem Cabo Verde, enchendo de um orgulho saudável toda a comunidade maiense.

É o caso de um dos seus filhos, Sandy  Fernandes Martins, um jovem atleta de 21 anos, que saiu do Maio com 9 anos de idade, vindo morar em Portugal com a sua família, que já aqui se encontrava.




Curioso, pró-activo e voluntarioso, deixou-se enredar pelas malhas do deslumbramento desportivo, sonhando desde cedo, singrar nessa área. Vivia na Amadora e incentivado por uma irmã, começou a praticar desporto na SFRAA, uma instituição local que o viu dar os primeiros passos no atletismo.

Foi crescendo e destacando-se pela sua tenacidade, coragem e férrea vontade de conseguir uma carreira nessa área do desporto, o sonho maior que povoava o seu coração desde menino.

Mais tarde passou pelo Sporting e neste momento integra a equipa do Clube Novas Luzes da Amadora.

A sua carreira está coroada de êxitos, conseguidos com muito esforço e empenhamento:  com apenas 21 anos é já um atleta internacional, e vice-campeão dos 400 metros. Em 2014 ganhou o campeonato nacional dos 800 metros e representou Portugal no campeonato europeu de Zurich, onde ficou em 26º lugar.

Sandy Martins é sem dúvida um Maense de destaque, que não descurou os seus estudos e completou o 12º ano; tem vindo a honrar a sua ilha e o seu país, pelo que a Associação Maense, decidiu homenageá-lo publicamente, conferindo-lhe o reconhecimento que ele conquistou e indiscutivelmente merece.

Sabemos que o seu sonho é continuar uma carreira já brilhante, aprimorando as suas prestações e prosseguindo um caminho de sucesso, encorajado pelo imenso amor que nutre pelo desporto. A Associação Maense quer apoiá-lo nesta caminhada, para que progrida na sendo do atletismo, desejando encontrar um patrocinador, que acarinhe e apoie este seu empenhamento.

Essa é uma das funções desta Associação que tem vindo a pugnar pela integração da comunidade Cabo-verdiana, apostando seriamente nos estudantes e na promoção de uma dos seus traços culturais mais marcantes – a música, tendo nesse contexto realizado uma homenagem pública a um dos seus mais famosos compositores – o Grande Betú.

Terminamos, agradecendo à Associação dos Antigos Alunos de Ensino Secundário de Cabo Verde esta parceria na homenagem a um filho do Maio, que une, reforça e congrega sinergias que reforçam e enriquecem a nossa comunidade, projectando Cabo Verde e toda a sua imensa riqueza pelo mundo global em que vivemos.


Muito Obrigada!